Home > Cadastro

Cadastro Nacional dos Técnicos de Segurança do Trabalho


Atenção: Se você já preencheu o cadastro e deseja alterar os dados entre em contato conosco

Cadastramento dos Técnicos de Segurança do Trabalho (por adesão)

Procedimentos


Esta iniciativa tem como objetivo a realização do cadastramento dos Técnicos de Segurança do Trabalho, realizado pela ANATEST, para servir de base para as ações de consultas, qualificação técnica, empregabilidade e oportunidades de trabalho, dentro dos limites da legalidade, com base nos seguintes procedimentos:

1 - Estruturar plataforma unificada de dados cadastrais dos Técnicos de Segurança do Trabalho (e emissão opcional de comprovantes cadastral com número de matricula), contendo os dados do registro profissional do Ministério da Economia e Trabalho como base.

2- Esta base de dados será de domínio da ANATEST, respeitando os limites da legalidade na sua preservação de sigilo de dados não enquadrados nos dados de domínio público..

3 - A ANATEST, na condição de entidade privada sem fins lucrativos, oferece a manutenção deste cadastro de interesse social desta categoria profissional e suas relações de trabalho de emprego e serviços, por adesão voluntaria, constituindo-se em uma plataforma ampliada de consultas em SST e promoção técnica profissional da dos profissionais Técnicos de Segurança do Trabalho.

4– Este recadastramento, recepcionada pelo site da ANATEST, e outras formas de cadastramentos, com base nas ações integradas com as representações de relações técnicas e de trabalho legalmente constituídas, feito por meio do preenchimento do formulário no site www.anatest.com.br.

5 – Bases de dados indicadas: -  Foto 3x4 digital de boa qualidade, colorida, de meio corpo, padrão documento (de frente, sem óculo, fundo preferencialmente liso), nome completo; Endereço; RG; CPF; Nº do registro no MTE; Cidade; UF.

6 - A adesão dos Técnicos de Segurança com as inscrições configura um gesto concreto de comprometimento com a profissão, contribuição para valorização da identidade da profissão e promoção da dignidade, com caráter de observatório e não fiscalizatório.

7. À ANATEST compete promover os interesses coletivos e individuais dentro dos limites da legalidade, com base em consultas coletivas, campanhas para unidade de ações e manutenção da unidade nacional nos interesses coletivos, no exercício da profissão, sem bandeiras ideológicas e correntes sindicais.

8.O ato de cadastramento e manutenção do cadastro é isento de custo para o profissional cadastrado.

9.O plano da ANATEST é efetuar atualização geral dos cadastros a cada 5 anos, contando a partir de cada cadastramento.

Conclusão: A melhoria contínua da aceitação e profissional requer base de dados com qualidade, que proporcionará indicadores para mapeamento de posições e norteamento das demandas, com ética, competência e dignidade.

A profissão de Técnico de Segurança do Trabalho é de grande interesse social, e, na medida da adesão individual e coletiva a este recadastramento, os nossos colegas de profissão estarão dando um grande exemplo de cidadania e coletivismo responsável.

Afinal, devemos nos orgulhar de fazer parte deste honrado grupo profissional e promover a nossa visibilidade social.

Foto


- O arquivo deve ser jpg, gif ou png, deve ser menor do que 2MB, em boa definição e padrão documento 3x4 (de frente, sem óculos, capacete ou chapéu, em um fundo liso). Lembre-se: este é seu registro oficial junto à ASSOCIAÇÃO, e a foto deve obrigatoriamente estar no padrão documento, CONCLUOINDO COM GERAÇÃO DE SENHA com 6 dígitos.

Foto:


Dados Pessoais


Nome Completo:


Data de Nascimento:



Contato


Endereço:
Nº:


Complemento:
Bairro:


Cidade:
Estado:


CEP:


Celular:


E-mail:



Documentação


RG:
Orgão Emissor:


CPF:


Reg. DSST/MTE:



Formação


Formação Acadêmica:


*Especializações Técnicas:






Tempo de Exercício
na Atividade:


Dados de Acesso


Senha:


Confirme:



Confira se seus dados estão corretos, pois eles serão inseridos no seu registro.





*Especialização entende-se cursos com carga horária mínima de 240 hrs, 20% das 1200 horas carga horária de formação